FANDOM



"Lalau abrira um exemplar do Profeta Diário e agora o lia mordendo a língua. Um homem de rosto encovado e cabelos longos e embaraçados piscou devagarinho para Harry em uma grande foto na primeira página. Pareceu-lhe estranhamente familiar."
[fnt]

BLACK AINDA FORAGIDO foi um artigo publicado no Profeta Diário em agosto de 1993. Relatou a fuga de Sirius Black, condenado pelo assassinato de Pedro Pettigrew e treze trouxas.[2]

Lalau Shunpike mostrou este artigo para Harry Potter, que se perguntou quem era Sirius, destacado em uma grande fotografia na primeira página, já que ele já o havia visto nos noticiários trouxas.[2]

Transcrição Editar

Sirius Black, provavelmente o condenado de pior fama já preso na fortaleza de Azkaban, continua a escapar da polícia, confirmou hoje o Ministério da Magia.

"Estamos fazendo todo o possível para recapturar Black." disse o Ministro da Magia, Cornélio Fudge, ouvido esta manhã, "e pedimos à comunidade mágica que se mantenha calma."

Fudge tem sido criticado por alguns membros da Confederação Internacional dos Bruxos por ter comunicado a crise ao primeiro-ministro dos trouxas.

"Bem, na realidade, eu tinha que fazer isso ou vocês não sabem?" comentou Fudge, irritado. "Black é doido. É um perigo para qualquer pessoa que o aborreça, seja bruxo ou trouxa. O primeiro-ministro me garantiu que não revelará a verdadeira identidade de Black. E vamos admitir – quem iria acreditar se ele revelasse?"

Enquanto os trouxas foram informados apenas de que Black está armado (com uma espécie de varinha de metal que os bruxos usam para se matar uns aos outros), a comunidade mágica vive no temor de um massacre como o que ocorreu há doze anos, quando Black matou treze pessoas com um único feitiço.

Por trás das cenas Editar

Aparições Editar

Notas e referências Editar

  1. Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban (filme) - Cena 3
  2. 2,0 2,1 Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, Capítulo 3
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.