FANDOM


O Beijo do Dementador é o ato de um Dementador sugar a alma de uma pessoa. Foi usado às vezes como uma pena para criminosos por parte do Ministério da Magia, e é considerado um destino pior que a morte. Antes de Voldemort estar no controle do Ministério, O Beijo do Dementador foi normalmente utilizado contra aqueles que escaparam de Azkaban. Quando Kingsley Shacklebolt se tornou Ministro da Magia, após o fim da Segunda Guerra Bruxa em 1998, Dementadores deixaram de ser utilizados pelo Ministério da Magia.

Descrição Editar

Quando Beijo do Dementador é utilizado, o Dementador puxa seu capuz para trás, aperta sua mandíbula ao redor da boca da vítima, e consome sua alma. O Beijo do Dementador é geralmente considerada como uma punição pior que a morte. As vítimas são deixadas no que trouxas chamariam de um estado vegetativo permanente: conchas vazias que ainda estão vivas, mas sem sua consciência, sem sua memória, sem tudo. É impossível voltar como um fantasma, pois o beijo consome a alma, e a alma de uma pessoa é necessária para se tornar um fantasma. Há também a possibilidade de que a alma está presa dentro do Dementador.

Por trás das cenas Editar

  • Um Dementador tentou dar um beijo em Sirius, na adaptação cinematográfica de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, em que sua alma está sendo sugada para fora sua boca sob a forma de um pequeno e brilhante, ponto branco, mas os Dementadores são parados pelo patrono de Harry antes que eles possam terminar. Eles nunca precisaram fixar suas mandíbulas sobre sua boca.
  • Nas adaptações para o cinema, sempre que um Dementador está sugando a felicidade ou a alma de sua vítima, há uma distorção no rosto da vítima e do ar perto dele ou dela.
  • Snape disse que testemunhar o beijo do dementador é quase insuportável.
  • As duas únicas pessoas a terem testemunhado o beijo do dementador nos livros foram: Cornélio Fudge e Minerva McGonagall, quando um dementador beijou Bartô Crouch Jr..
  • Nunca é explicado o que acontece com a alma após alguém ser beijado. Teoriza-se que a alma seja presa no Dementador. Isto significa que a pessoa que foi beijada está literalmente presa no corpo do Dementador, enquanto a vítima ainda está viva, o que é provavelmente porque alguns dizem ser um destino pior que a morte (supondo que o interior de um Dementador é tão ruim quanto sua aparência). Se for esse o caso, não se sabe se as almas são capazes de interagir com as outros que estão presas no mesmo Dementador. Então, o interior do Dementador seria algum tipo de "dimensão", no qual a alma permanece em tormento, incapaz de fugir e recebe o seu conforto da morte. Dado que Dementadores morrem, desde seus números são limitado, não está claro se as almas presas são capazes de sair quando seus captores desaparecem.

Aparições Editar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.