FANDOM


"Ele é o mais inteligente de sua espécie que eu já conheci."
Sirius Black falando sobre bichento[fnt]

Bichento foi/é um gato meio-amasso e animal de estimação de Hermione Granger. Ele é Meio-Amasso,[1] pois tem em evidência um rabo de leão, habilidade de solucionar problemas sozinho sem treinamento, e uma habilidade de reconhecer pessoas não confiáveis (mesmo quando transfigurados).

Em 1993, Bichento foi comprado da loja Animais Mágicos por Hermione Granger. A vendedora afirmou que ele estava na loja há muito tempo e "ninguém o queria".

Bichento desempenhou um papel importante nos eventos que ocorreram em 6 de junho de 1994. Durante o auge da Segunda Guerra Bruxa, bichento permaneceu na Toca. Não se sabe o que aconteceu com ele depois da guerra, mas pode-se supor que ele foi devolvido a Hermione.

Biografia Editar

Comprado por Hermione Granger Editar

Rony Weasley: "Você comprou este monstro?"
Hermione Granger: "Ele é maravilhoso, não é?"
— Hermione e Rony falando sobre Bichento[fnt]
Animais Mágicos

Bichento na Animais Mágicos

Bichento foi comprado em 1993 por Hermione Granger da loja Animais Mágicos no Beco Diagonal, Hermione de início havia ido lá para comprar uma coruja. O proprietário informou a Hermione que ele já estava lá a um bom tempo e que "ninguém o queria".[2] É possível que ele seja extremamente inteligente, Bichento estava apenas a espera de alguém digno de sua compania e como Hermione era uma bruxa extremamente inteligente, Bichento deve tê-la considerado digna de sua atenção.

Sob a guarda de Hermione Granger Editar

"Tem algo errado com esse animal! Ele ouviu eu dizer que perebas estava dentro da minha mochila!"
—Rony após Bichento falhar em pegar Perebar[fnt]
HermioneRonaldBichento

Hermione segurando Bichento no Expresso de Hogwarts

Hermione levou Bichento para a Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts com ela e ele estava presente no trem quando os dementadores embarcaram em busca de Sirius Black. Talvez porque ele era meio amasso, o gato recém-adotado demonstrou a capacidade de detectar humanos disfarçados de animais. Antes do início do ano letivo de 1993-1994, Bichento atacou Pedro Pettigrew em sua forma animaga de Rabicho, o amado rato de estimação de Rony. Depois, Bichento atacou Rabicho na presença de Rony, fazendo com que o rato procurasse esconderijos. Bichento teve outra chance de pegar Rabicho durante o Natal quando Hermione o levou para o dormitório dos meninos. Esses ataques constantes foram motivo para Ron e Hermione discutirem.

Crookshanks and scabbers

Bichento e Rabicho no Salão Principal.

No início do segundo semestre, quando Ron descobriu sangue em seu lençol e não achou Rabicho, ele ficou convencido de que Bichento havia comido ele. Isso causou uma discussão com Hermione até que o rato foi encontrado por Hagrid.

Bichento não foi o único que estava atrás de Rabicho, depois de escapar da prisão de bruxos, Azkaban, Sirius Black tentava entrar em Hogwarts para buscar Pettigrew, que encriminou Sirius pela mortes dos pais de Harry, James Lílian durante a Primeira Guerra. Em algum momento durante o ano, Bichento encontrou Sirius Black em sua forma animaga. Ele começou a se encontrar com ele nos terrenos de Hogwarts e roubou a senha da Torre da Grifinória de Neville Longbottom para ajudá-lo a entrar no castelo. Bichento também ajudou Sirius a atrair Harry, Rony e Hermione para a Casa dos Gritos. Durante a briga entre Harry e Sirius, Bichento tentou roubar a varinha de Harry mas não teve sucesso. A hesitação de Harry deu tempo suficiente para o professor Remus Lupin chegar. Bichento liderou o caminho de volta pelos túneis. No entanto, quando Lupin se transformou em um lobisomem, Pettigrew roubou a varinha de Lupin e surpreendeu Ron e Bichento conseguindo escapar.

Depois de tudo isso, Ron aceitou Bichento como um com
Trio no Expresso de Hogwarts

Ronald deixa que Bichento cheire sua pequena coruja

panheiro animal, pedindo por seu "julgamento" da pequena coruja que Sirius havia lhe oferecido como compensação pela perda de Rabicho. Bichento não reagiu à minúscula coruja e foi decidido que o animal não era outro animago.

1994-1995Editar

Bichento logo se tornou mais amigável com os outros; por exemplo, ele uma vez se enrolou no colo de Harry Potter quando Harry estava esperando para conversar com Sirius. No entanto, ele ainda permanecia incomumente perceptivo e desaprovando o mau comportamento, a julgar pela maneira como ele encarava Harry e Rony enquanto eles inventavam as respostas para a tarefa de adivinhação. Gina Weasley (que Ron alegou ser uma grande amante de gatos) parecia apaixonada por Bichento; ela gostava de brincar com ele e foi capaz de persuadi-lo na cozinha do Largo Grimmauld durante uma reunião da Ordem da Fênix, rolando rolhas de cerveja amanteigada para ele pegar. Ele gostava de caçar peças de Xadrez Mágico e tinha que ocasionalmente ser contido. Ele estava desconfiado de frisbees com presas e sibilou quando alguém chegou perto dele. Em uma festa da Grifinória, ele seguiu Gina, os olhos amarelos fixos em seu novo Mini-pufe, Arnaldo.

Segunda GuerraEditar

Durante o auge da Segunda Guerra Bruxa, Hermione e Bichento vieram para ficar na Toca, mas Hermione saiu com Harry e Rony depois que o casamento de Fleur e Bill foi interrompido por Comensais da Morte. Não se sabe o que aconteceu com Bichento enquanto Hermione estava procurando por Horcruxes; muito provavelmente, ele ficou aos cuidados dos Weasleys, dado o gosto de Gina por gatos. Alternadamente, ele pode ter deixado a família Weasley sozinha.

Aparência FísicaEditar

Ron Weasley: "O que é isso?"
Harry Potter: "Isso é um enorme gato ou um pequeno tigre."
Rony e Harry veêm Bichento pela primeira vez[fnt]
Bichento FH

Bichento foi descrito como sendo grande, de pernas abertas, cor de gengibre e com uma "cabeça amassada". Sua cara foi descrita por Harry Potter por parecer como tendo "corrido de cabeça em uma parede de tijolos."[3] Outro traço mais reconhecível de Bichento é o seu rabo "bifurcado" e seus olhos amarelos.

Personalidade e traçosEditar

"Bichento esperto, você pegou isso sozinho?"
Hermione Granger após bichento pegar uma aranha[fnt]

Bichento é muito inteligente e ajudou Sirius Black a expor Peter Pettigrew, que estava disfarçado de Rabicho. Sirius Black afirmou que Bichento era o gato mais inteligente que já conhecera. Ele também era muito brincalhão e gostava de pegar aranhas, perseguir gnomos e atacar peças de xadrez. Ele era carinhoso com aqueles que gostava e agia como um escudo para Sirius, quando Harry estava planejando matá-lo. Ele acabou gostando de Harry e se sentava em seu colo de vez em quando. No entanto, ele podia ser mal-humorado em relação àqueles que o jogavam do colo, não importando se era acidental ou deliberado.

Etimologia Editar

É provável que seu nome seja derivado do sobrenome escocês "Cruikshanks", que é pronunciado exatamente da mesma maneira. Isaac Robert Cruikshank foi um conhecido ilustrador britânico em 1800 e ilustrou o romance Oliver Twist de Charles Dickens, o primeiro dos famosos "romances órfãos" que influenciou J. K. Rowling quando ela surgiu com o personagem Harry Potter.

Aparições.Editar

Wiki
A Harry Potter Wiki tem 6 imagens relacionadas a Bichento.

Notas e referênciasEditar

  1. 1,0 1,1 "Crookshanks" on J.K. Rowling Official Site inglês
  2. Prisioneiro de Azkaban, Capítulo 4
  3. Erro de citação: Marca <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas PDA

Predefinição:Beco Diagonal

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.