FANDOM


Este exército de bruxos e bruxas seguiu o Bruxo das Trevas Gerardo Grindelwald no início do século XX. Eles eram fanáticos dedicados à ideologia de Grindelwald e procuraram expor a comunidade mágica e provocar uma guerra com os trouxas, revogando o Estatuto Internacional de Sigilo em Magia e eventualmente forçando a população não-mágica à escravidão sob o seu lema: "Para o Bem Maior".

História Editar

Entre cerca de 1900, quando Grindelwald fugiu da Grã-Bretanha e 1945, o ano da sua queda, o bruxo das trevas Gellert Grindelwald formou um exército, presumivelmente constituída por bruxos e bruxas e possivelmente outras criaturas mágicas, com o propósito de construir um império bruxo em todo o mundo que governaria a sociedade trouxa bem como a mágica. Grindelwald tinha a intenção de unir as Relíquias da Morte, que ele acreditava que faria com que ele e seus seguidores de tornassem invencíveis. O símbolo das Relíquias da Morte se tornou o símbolo do exército.

Em 1926, partes da comunidade bruxa, incluindo Newt Scamander, os consideravam fanáticos.[1]

Depois de vários anos aterrorizando a Europa, Grindelwald foi derrotado por Alvo Dumbledore. Enquanto o status do exército neste momento é desconhecido, pode-se supor que os membros remanescentes foram caçados e presos pelas autoridades bruxas, mortos ao resistir, ou possivelmente tenha se dissolvido a se escondido.

Membros conhecidos Editar

  • Krall, um dos seguidores de Grindelwald, descreveu como "mal-humorado e ambicioso".
  • Vinda Rosier, uma das seguidoras de Grindelwald, descreveu como "misteriosa".

Aparições Editar

Notas e referências Editar

  1. Animais Fantásticos e Onde Habitam: O Roteiro Original, Cena 65
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.