FANDOM


"Tamanho não é garantia de poder. Olhe a Gina..."

Ginevra Molly Potter (nascida Weasley) conhecida também como Gina Weasley, é a primeira menina que nasceu na Família Weasley em 6 gerações. Nasceu em 11 de Agosto de 1981. É a irmã mais nova de Rony, tendo ainda mais 5 irmãos: Gui, Carlinhos, Percy, FredJorge. É conhecida por ser de uma família traidora de sangue, sendo Puro-Sangue. É descrita como ruiva e com olhos castanhos claros, semelhantes aos da sua mãe, Molly Weasley.

É muito boa em quadribol, tendo substituído Harry como apanhadora no seu 4º ano quando Dolores Umbridge o proibiu de jogar e posteriormente no seu 5º ano ela se tornou artilheira da Grifinória.

Gina sempre foi apaixonada por Harry Potter, escondendo sempre o que sentia por ele. No 2º ano, foi salva por ele da Câmara Secreta, o que fez Gina se apaixonar ainda mais por Harry.

Gina tentou esquecer seu amor por Harry e namorou com Miguel CornerDino Thomas. Harry começou a gostar de Gina no seu 6º ano, ficando muito incomodado e enciumado por ver Gina beijar Dino. Nesse mesmo ano, no filme, Harry beijou Gina na Sala Precisa, enquanto escondia o livro do Príncipe Mestiço; já no livro, Harry havia levado uma detenção de Snape, e havia perdido a final da Taça de Quadribol, do qual, Grifinória foi campeã, e Harry chega na Torre da Grifinória no momento da festa, (após cumprir a dentenção) e os dois acabam se beijando. Harry namorou algum tempo com ela, mas no final desse ano, ele teve de se separar de Gina com medo de que Voldemort fizesse algo de mal com ela.

19 anos após a Batalha de Hogwarts, Gina casa-se com Harry declarando seu amor por ela, tendo 3 filhos: Alvo Severo, Lílian e Tiago.

Biografia Editar

Início da Vida (1981-1992)Editar

 Gina: Plataforma 9 3/4! Mãe, eu não poss ir...                                                                                                         Molly: Você ainda não tem idade suficiente, Gina, agora fique quieta!                                                                             -Gina, com 10 anos, entusiasmada sobre a Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts

Filha de Molly Weasley e Arthur Weasley, Ginevra Molly Potter (Weasley de nascença) nasceu em 11 de agosto de 1981, a primeira menina da Família Weasley em muito tempo e sendo a última de uma geração com mais 6 irmãos: Gui, Carlinhos, Percy, Fred, Jorge e Rony. A comunidade bruxa da época estavam enfrentando a Primeira Guerra Bruxa, onde seus tios por parte de mãe Gideon e Fabion Weasley foram assassinados por 4 Comensais da Morte liderados por Antônio Dolovoh. Mas a guerra terminou poucos meses depois de seu nascimento, após a primeira queda do bruxo Lorde Voldemorte.

Gina e seus seis irmãos creceram na A Toca nos arredores Oterry St Catchpole, em Devon, Inglaterra. Apesar da maioria de seus irmãos começarem a jogar Quadribol muito entusiasmados, os irmãos de Gina nunca deixaram ela jogar junto com eles quando era criança. Quando ela tinha 6 anos, ela começou a ter o hábito de tirar, vassoura por vassoura, do galpão da família para treinar quadribol; e seus irmãos Fred Weasley e Jorge Weasley só ficaram sabendo isso anos depois quando Hermione Granger falou para eles. 

Ginna Weasley afirma que ficou bem ansiosa quando seus irmãos começaram a ser aceitos à Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Embora ela estivesse exagerando pelo fato de, na época, ter apenas um ano de idade. Do mesmo modo que sempre ficava tímida perto de Harry Potter, como em Harry Potter e a Câmara Secreta quando ficou com as bochechas coradas e correu para seu quarto ao ver que Harry estava tomando café da manhã em sua casa.

No dia 1 de setembro de 1991, Gina acompanha sua mãe seus irmãos à Estação de King's Cross. Embora ainda fosse jovem para ir a escola, ela ainda foi acompanhar a partida de seus irmãos. Enquanto dava tchau para eles, ela descobriu que o menino que sobreviveu estava no trem e tentou fazer sua mãe deixa-lá embarcar para ver  ele. Gina correu pela plataforma, meio rindo meio chorando, dando tchau para eles e depois parou.

Quando o Expresso de Hogwarts voltou em junho de 1992, Gina foi até a Estação de King's Cross com sua mãe para buscar seus irmãos, mas ela estava muito ansiosa também para ver Harry.

Vida em Hogwarts (1992-1998)Editar

Primeiro ano (1992-1993)Editar

Gina: Eu nã-não sei! Eu encontrei junto de um dos livros de que a mamãe me deu. Eu pen-pensei que alguém tinha apenas deixado lá e esqueci! -Gina explicando como ela tinha conseguido o Diário de Tom Riddle, em Harry Potter e a Câmara Secreta.

Depois de ver Harry Potter na Estação de King's Cross, Gina começou a desenvolver sentimentos por ele e falar sobre o mesmo durante o verão inteiro. Quando Harry chega  A Toca depois de ser resgatado da Família Dursley por Rony, Fred e Jorge; e ela fica muito envergonhada pela presença do menino. Na primeira vez que eles se conhecem, ela estava descendo para ir tomar café da manhã e vê ele sentado na mesa junto com sua família. Chocada, ela corre de volta ao seu quarto e Harry olha fixamente para ela quando passava pelo seu quarto a caminho do quarto de Rony.

Gina volta extremamente desajeitada e como também já tinha o hábito de sempre que entrava na sala derrubar alguma coisa. No dia em que as cartas de aceitação da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, ela ficou muito corada, com isso acabou derrubando uma tigela de mingau e colocando o seu cotovelo na travessa com manteiga, quando Harry pergunta se ela ia começar a ir para Hogwarts.

Gina vai ao Beco Diagonal junto com sua família para comprar seus materiais escolares, e seu entusiasmo por finalmente está indo para Hogwarts foi amenizada pela situação financeira da sua família, pois ela teria que se contentar com muitas coisas de segunda mão, incluindo suas vestes e livros. Na Floreios e Borrões, no entanto ela se tornou a ganhadora de uma coleção inteiramente nova e completa dos livros de Gilderoy Lockhart. Porém, Harry ficou um tanto envergolhado por Lockhart ter dado os livros à ele numa tentativa de publicidade. 

Num ato de bondade e reconhecimento, Gina finalmente conseguiu falar em frente de Harry, quando Draco Malfoy começou a insultar Harry. Draco que tinha ido com seu pai Lúcio Malfoy, onde o Malfoy mais velho viu uma oportunidade de insultar a Família Weasley por estarem se relacionando com os pais da Família Granger que eram  Trouxas e com Hermione Granger que havia Nascido-trouxa. Durante essa confusão, Lúcio mexe no Guia de Transfiguração para Iniciantes que estava dentro do Caldeirão de Gina e quando devolve ele deixa junto o Diário de Tom Riddle.

Em seu primeiro dia de aula na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts no dia 1 de setembro de 1992, Gina foi selecionada para Grifinória, assim como os todos os outros Weasley's. Ela encontrou o Diário de Tom Riddle entre os seus outros livros escolares e começou a escrever nele. Para sua surpresa, o diário escrevia para ela de volta e com isso Gina começou a contar suas memórias, como seus irmãos provocavam ela, como ela se sentia sobre ter que ir ao colegial com livros e vestes de segunda mão e como ela acreditava que Harry Potter nunca olharia para ela como ela olhava para ela. Gina abriu o seu coração às Memórias de Tom Riddle e contou a ele tudo que ela se lembra da história de Harry.

Pelo menos uma vez, Gina desceu até a Cabana de Rúbeo Hagrid na esperança de ver se Harry estava lá. Ela confidenciou ao seu diário seus medos e pensamentos mais profundos, assim também se tornando cada vez mais vulnerável às Memórias de Tom Riddle e ele, por sua vez, só se aproveitou e foi influencindo cada vez mais a menina. No começo de Outubro, essa influência começa a ser mostrado em Gina. Ela começa a ter um olhar mais fraco, mas a situação em que se encontrava a escola cobriu o seu verdadeiro estado. 

No dia 31 de outubro, conseguiu ter controle total sobre Gina Weasley e fez ela abrir a Câmara Secreta assim libertando o Basilisco. O Basilisco de Salazar Sonserina foi o reponsável por petrificar a gata de Argo Filch, Madame Nor-r-ra (que foi achada pendurada no suporte de uma tocha no corredor) e fazer outros estudantes do colégio correrem perigo. As Memórias de Tom Riddle também forçou Gina a escrever na parede do corredor "A CÂMARA SECRETA FOI ABERTA... INIMIGOS DO HERDEIRO, CUIDADO!".

Seguindo com os ataques, Gina pareceu chateada com a Madame Norr-ra e seus irmãos deduziram que isso era pela sua paixão por gatos. Ela abriu a câmara outras duas vezes, resultando na petrificação de Colin Creevey e Justino Finch-Fletchley. Ela começou a ficar visivelmente mais chateada, e denovo, seus irmãos deduziram que isso era por outros motivos tipo: Por ela senta-se ao lado de Colin na aula de Feitiços e também que estava preocupada se Rony seria expulso caso ele se mete-se em confusão denovo. Fred e Jorge tentaram animar ela, mas foram pelo caminho errado onde saltaram em cima dela, saindo de trás de uma estátua.

Gina confidenciou ao seu diário, que pensava está ficando louca. Ela acordava com penas de galo em suas vestes e também não conseguia se lembrar o que estava fazendo durante o Dia das Bruxas e quando Colin Creevey foi atacado. Com isso começou a pensar que ela que tinha atacando todo mundo. Suas perdas de mamória estavam começado a pesar muito sobre seu comportamento, e isso estava afetando sua saúde além de ela está cada vez mais pálida.

Durante o Natal, Gina e seus irmãos (exceto Rony) foram visitar o seu irmão mais velho Guilherme Weasley no Egito com os pais. Ela estava começando a ficar desconfiada do diário e algumas semanas depois do Natal, já em Hogwarts, ela tenta se livrar dele jogando na privada no banhairo da Murta Warren (murta que geme). Já livre do dele, Gina manda para Harry um cartão anônimo no Valentine's Day no dia 14 de fevereiro de 1993. Ele recebe quando está de frente para ela, por conta dela estava indo para aula de Feitiços e ele saindo, enquanto o professor distribuia os cartões. Durante a distribuição, a mochila de Harry acaba rasgando e tudo que estava dentro cai no chão. Para o susto de Gina, Harry agora possuia o seu diário. Para piorar a situação para ela, Draco Malfoy revela na frente de todos que foi ela que tinha mandado o cartão para Potter.     

Gina tinha ficado receosa que Harry poderia descobrir os seus segredos, tais como os sentimentos que ela tinha por ele ou como ela pensava que ele nunca iria sentir os mesmos sentimentos que ela, adicionando ainda o fato dela ser a responsável pelos ataques. Então ela esperou até o dormitório dos meninos estarem vazios, para procurar nos pertences de Harry o Diário de Tom Riddle e recuperá-lo. Depois de recuperado, Gina ainda foi superada pelas memórias de Tom Riddle e abre a Câmara Secreta novamente, desta vez ela petrifica Hermione Granger e Penélope Clearwater. Sem saber como ela se sentia sobre isso, mas poderia deduzir que ela estaria muito pertubarda sobre Hermione está petrificada, por se trata da melhor amiga do seu irmão e do seu crush.

Gina tentou falar para Harry e Rony o que estava acontecendo, porém não acho as palavras certas, e foi interropida por Percy Weasley. As memórias de Tom Riddle estavam furiosas, como ele enfrentaria Harry Potter agora que sabia sua história. Depois de notar que Harry estava indo para salvar Gina, ele faz ela escreve uma despedida na parede do corredor, assim deixando ela na Câmara Secreta para morrer. Ela tinha falado tanto sobre sua vida ao diário que não poderia lutar contra o controle de Tom Riddle sobre ela, e a última coisa que ela se lembra é ela se deitando no chão da câmara e Tom Riddle saindo do seu diário. As memórias dele tinham se alimentado dela, ganhando potência o suficiente para retornar a sua forma corpórea com aparência de 16 anos de idade. Como Tom ficou forte, a vida de Gina se desvaneceu até ela cair em um estado inconsciente.  

Gina acorda na Câmara Secreta após Harry Potter te-lá encontrado e salvado. Depois dele também ter destuído o Diário de Tom Riddle com a pressa do Basilisco e Gina também recuperar a sua vitalidade. Lacrimejando e assustada, Gina revela o que tinha acontecidado para Harry e tinha certeza que seria expulsa de Hogwarts. Depois de deixar a câmara com ajuda de Fawkes, a Fênix, Gina foi se reunir com seus pais na sala da Minerva McGonagall. Apesar dos seus medos, Dumbledore não a culpou, dizendo que bruxos mais velhos e inteligentes também tinham sido enganados por Lord Voldemort, e ele enviou ela para enfermaria para se recuperar com uma xícara de chocolate quente.

Seguido de sua experiência traumática, Gina volta ao normal e fica feliz e relaxada durante o resto do seu primeiro ano. Após o final do seu ano escolar, ela volta à Estação de King's Cross junto de seus irmãos, Harry e Hermione no Expresso de Hogwarts jogando Sapos Explosivos. Ela também menciona que em um momento estava andando pelos corredores e viu Percy Weasley e Penélope Clearwater se beijando e ele implorou que não contasse para seus outros irmãos para que não zombassem dele.

Segundo Ano (1993-1994)Editar

"Vocês tem que dar um bom exemplo à sua irmã!"- Molly Weasley falando aos irmãos gêmeos Fred Weasley e Jorge Weasley de Gina, em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban.

Gina Weasley viaja ao Egito no verão de 1993 com o resto da sua família para visitar seu irmão Guilherme Weasley depois de seu pai Arthur Weasley ganhar setecentos galeões no Grande Prêmio Anual da Loteria do Profeta Diário. Ela visitou várias tumbas, mas sua mãe não queria deixar ela entrar na última por conta de ter vários esquelos mutantes.

Gina e sua família ficaram no Caldeirão Furado na noite antes de começar seu segundo ano letivo, e lá ela se reencontra com Harry Potter. Ela ficou ainda mais envergonhada na frente dele do que normalmente, murmurrou um oi mas não olhou para ele. No dia seguinte na Plataforma Nove e Meia, os olhares dela e de Harry se encontraram enquanto compartilhavam uma risada sobre o comportamento de Percy Weasley ao tentar impressionar sua namorada, Penélope Clearwater.

No Expresso de Hogwarts, Gina foi separada de seus irmãos até que o trem parou por conta dos Dementadores. No escuro, ela encontrou seu caminho até a cabine de Harry Potter, Hermione Granger, Ronald Weasley e Remo Lupin. Quando os Dementadores chegam até a cabine deles, Gina foi uma das que mais sofreram com o ataque por conta da sua experiência horrível com as memórias do Diário de Tom Riddle no ano anterior. Ela ficou muito pálida e tremia como uma louca, por fim soluçando e sendo consolada por Hermione.

Mais tarde naquele ano, depois de Harry ter caído da sua vassoura durante uma partida de Quadribol, Gina visitou ele na enfermaria. Ela tinha feito um cartão de melhoras que cantava gritando quando era aberto e se apresentava enquanto ela ficava corada furiosamente.

 Terceiro Ano (1994-1995)Editar

Rony: Certo, isso já está ficando estúpido. Gina, você pode ir com o Harry e eu apenas vou...                              Gina: Eu não posso, eu vou com- com o Neville. Ele me perguntou quando Hermione disse não, e eu pensei... bem... eu não tenhia como ir de outro jeito, eu não estou no quarto ano.                                                                  -Gina perde a chance de ir com Harry no Baile de Inverno, em Harry Potter e o Cálice de Fogo.

No verão de 1994, Gina passa muito tempo com Hermione Granger, que tinha ficado antes e depois da Copa Mundial de Quadribol de 1994, em sua casa. Elas dividiram o quarto de Gina nA Toca e a tenta na copa e solidificaram e fizeram crescer essa amizade. Consciente em seus interesses em Harry Potter, Hermione aconselha Gina a relaxar mais perto dele e mostrar que ela realmente gosta dele, já que ela mal conseguia falar quando eles estavam no mesmo cômodo. Hermione até sugere que Gina começasse a sair com outros meninos até que Harry comece a dar mais atenção e retribua-se seus sentimentos. Embora que ela ainda ficava tímida perto de Harry- que também estava nA Toca- Gina seguiu o conselho de Hermione e ficou muito mais relaxada e a ficar mais tempo com ele, Rony e Hermione.

Gina assistiu a final da Copa Mundial de Quadribol de 1994 em dia 25 de agosto junto com a maioria da sua família, também com Harry Potter e Hermione Granger. Durante a partida ela estava usando um verde no tom do trevo de 4 quatro folhas por conta da sua torcida à Seleção Irlandesa de Quadribol. Gina ficou abalada com a aparição da Marca Negra em resultado da vitória da Irlanda. Durante o tumulto o pai dela, Arthur Weasley, empurra Fred Weasley e Jorge Weasley para manter-la em segurança, enquanto ele e seu irmão mais velho, Percy Weasley, ajudavam o Ministério da Magia. Ela e seus irmãos gêmeos foram separados do trio e eles não sabiam onde iriam se esconder enquanto o trio foi até a floresta perto do acampamento.

Gina volta para Hogwarts, onde naquele ano estava acontecendo o Torneio Tribruxo, ficando impressionada quando Harry Potter foi anunciado que era o quarto campeão e manteu um bom relacionamento com Hermione Granger. Gina foi a única a quem Hermione confiou quando Vítor Krum a chamou para ir ao Baile de Inverno. Como estava no terceiro ano, Gina não estava autorizada a ir ao Baile sem que um aluno mais velho a convidasse. Neville Longbottom chamou ela depois que Hermione o tinha dispensado, pois já tinha aceitado o convite de Krum, e Gina aceita desde que eles fossem como amigos. Ela fala isso a Ronald Weasley e Harry depois que Rony diz que ela devia ir com Harry.

Contudo, ela ainda mantia em segredo os seus sentimentos por Potter e ficou desapontada ao ouvir que Harry havia chamado Cho Chang ao baile. Ela ficou ainda mais desapontada quando Rony sugeriu que ela fosse com Harry pois ele ainda não teria um par. Lutando com a ideia de ir com Harry Potter ao baile, ela ainda permanece leal com o seu acompanhante e vai ao baile com ele. No Baile de Inverno, ela conhece Miguel Corner e começa a sair com ele no fim do ano.

Quarto Ano (1995-1996)Editar

Cho Chang: A Associação de Defesa? A AD, para que ninguém saiba do que estamos falando?                      Gina Weasley: É, a AD é bom. Só que devia significar a Armada de Dumbledore, porque o maior medo do Ministério é uma força armada de Dumbledore.                                                                                                         -Gina nomeia o grupo estudantil de Defesa Contra as Artes das Trevas, em Harry Potter e a Ordem da Fênix.

Com a revelção de que Lord Voldemort havia voltado no verão de 1995, os pais de Gina voltam a ser membros ativos da Ordem da Fênix. Como resultado, a família é realocada à sede da ordem no Largo Grimmauld, nº 12 durantre o verão. Gina fica na sede, dividindo o quarto com Hermione, e ajudando a sua mãe, Molly Weasley, a limpar a casa e deixa-lá adequada para ser a sede das operações. Ela descobriu a verdade sobre Sirius Black e conheceu Ninfadora Tonks, que agia como uma irmã mais velha para ela e Hermione Granger. Quando Harry Potter chega ao Largo Grimmauld, Gina ficou satisfeita ao ver ele, e por estar seguindo o conselho Hermione e estando em um relacionamento com Miguel Corner, ela fica relaxada e compoem a sua presença, mostrando nenhum pouco de vergonha ou timidez diante dele diferente dos encontros anteriores que tiveram.     

Aparência física Editar

"Vários meninos gostam dela. Até você acha ela bonita, traidor do sangue, e também sabemos como é díficil agrada-lo"-Discursão sobre a aparência da Gina, em Harry Potter e o Enigma do Príncipe.

Gina foi descrita como uma menina extremamente bonita. Ela é uma típica menina da Família Weasley: Cabelos ruivos com sardas. Ela tem uma pele branca, baixa estatura e brilhantes olhos castanhos como os da sua mãe. Quando ficava corada, ela ganhava uma cor parecida com os seus cabelos ruivos. Quando ficava altamente emocionada, ela era conhecida com um "olhar duro e ardente.

Foi afirmado que, devido à sua beleza, Gina era completamente capaz de atrair um monte de meninos. Em 1996, Pansy Parkinson falou "vários meninos gostam dela" e que Blaise Zabini achou ela "muito bonita", com a observação de que era muito díficil agrada-lo em relação a aparência física de mulheres. Embora Blaise tenha imediatamente negado, ele ainda podia contar como uma testemunha do tamanho da  beleza de Gina Weasley. Vitor Krum também comentou que ela era realmente muito bonita durante o casamento de Guilherme Weasley e Fleur Delacour em 1997.

Personalidade e traços Editar

Capacidades e habilidades mágicas Editar

Posses Editar

Relacionamentos Editar

Família Editar

Weasley Editar

Harry Potter Editar

Hermione Granger Editar

Fleur Delacour Editar

Filhos Editar

Sobrinhos e sobrinhas Editar

Neville Longbottom Editar

Cho Chang Editar

Luna Lovegood Editar

Ninfadora Tonks Editar

Sirius Black Editar

Funcionários de Hogwarts Editar

Armada de Dumbledore Editar

Dino Thomas Editar

Miguel Corner Editar

Lord Voldemort Editar

Etimologia Editar

Por trás das cenas Editar

  • Gina Weasley é interpretada pela atriz britânica Bonnie Wright em todas as adaptações para filmes da série de livros, tornando-se assim uma das 14 personagens que aparecencem nos 8 filmes. 
  • A atriz também britânica Poppy Miller também interpretou a Gina na peça de teatro Harry Potter e a Criança Amaldiçoada (peça).
  • Bonnie Wright possui olhos azuis e não castanhos como são descritos no livro. Ela também não é tão baixa como é descrita nos livros. 
  • Gina começa a usar a camisa de número 5 no Time de Quadribol da Grifinória em Harry Potter e o Enigma do Príncipe. Mesmo muitas fotos e posters mostram ela usando a camisa de número 6, isso é explicado pelo motivo de a camisa 6 ser o número "genérico" onde é usado para testes de novos membros.
  • O patrono corpóreo dela é um Cavalo. Isso nunca foi descrito nos livros, mas foi mostrado na adaptação de Harry Potter e a Ordem da Fênix e mais tarde foi confirmado pela J.K Rowling.
  • Nos filmes, foi cortado o relacionamento dela com Miguel Corner, mas foi incluído na adaptação para vídeo game.
  • Gina Weasley e Harry Potter tinham muito em comum em relação ao Lord Voldemort- ambos foram temporariamente Ofidioglotas, ambos foram brevemente possuídos por ele e ambos perderam membros de suas famílias para ele.

ApariçõesEditar

Notas e referênciasEditar

Predefinição:Posições de Quadribol de Hogwarts

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.