Mansão Malfoy Pottermore.png

A Mansão Malfoy é a casa dos ricos puro-sangue da família Malfoy. Localizada em Wiltshire, na Inglaterra, foi usada principalmente como base de operações para Lorde Voldemort e os Comensais da Morte durante a Segunda Guerra Bruxa, para grande desconforto de Lúcio, Narcisa e Draco Malfoy.

História[editar | editar código-fonte]

A terra na qual a Mansão Malfoy foi construída pertencia a outro proprietário. Após a conquista da Inglaterra, o rei Guilherme I apreendeu esta propriedade e deu-a a Armand Malfoy em troca de alguns serviços sombrios (e quase certamente mágicos). As gerações posteriores iriam expandir as terras da propriedade da família, anexando-as dos seus vizinhos trouxas.

Sede dos Comensais[editar | editar código-fonte]

HP7-FP-IDS4.jpg

No verão de 1997, Lúcio Malfoy e muitos outros Comensais da Morte tinham escapado de Azkaban e o Lorde das Trevas tinha tornado a Mansão dos Malfoy sua sede, substituindo a casa dos Riddle em Little Hangleton. Enquanto os Malfoys estavam muito desconfortáveis ​​com isso, Bellatriz Lestrange, cunhada de Lúcio, que também residia lá, alegou que poderia não haver "nenhum prazer maior" do que ter Lorde Voldemort com eles.

Aparições[editar | editar código-fonte]

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.