Pandora Lovegood (- 13 de fevereiro de 1990 e 12 de fevereiro de 1991 [1]) foi uma bruxa que era casada com Xenofílio Lovegood, o editor d'O Pasquim, e com ele teve uma filha, Luna Lovegood. Ela morreu em 1990 por seu próprio feitiço, quando Luna tinha nove anos. Harry viu uma foto de Luna e Pandora, enquanto visitava a casa dos Lovegood.

Biografia[editar | editar código-fonte]

De acordo com sua filha, Pandora foi uma extraordinária bruxa que gostava de experimentar com feitiços. Um dia, em 1990, um desses experimentos correu mal, matando-a na frente de Luna, que foi posteriormente capaz de ver Testrálios. Luna disse Harry Potter que ela continuou a sentir-se triste com a morte da mãe de vez em quando e acreditava que ela iria vê-la novamente após a morte.

Aparições[editar | editar código-fonte]

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  1. Em Harry Potter e a Ordem da Fênix, Luna diz que ela tinha nove anos quando sua mãe morreu. JK Rowling confirmou mais tarde que o aniversário de Luna é em 13 de Fevereiro.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.