Harry Potter: "Que é isso?"
Alvo Dumbledore: "Isso? Chama-se Penseira, às vezes eu acho, e tenho certeza de que você conhece a sensação, que simplesmente há pensamentos e lembranças demais enchendo minha cabeça."
— Alvo Dumbledore e Harry Potter discutindo a Penseira de Dumbledore[fnt]

A Penseira de Hogwarts era um instrumento mágico usado pelos Diretores para ver as memórias. O professor Alvo Dumbledore usou-o para revisar memórias particulares de Tom Riddle, entre outras coisas, e para dar lições particulares a Harry Potter durante o ano letivo 1996–1997. Permaneceu no escritório do Diretor após o falecimento de Dumbledore, então também foi usado após a morte de Severo Snape por Harry Potter para rever as memórias que Snape havia lhe dado.

História de uso[editar | editar código-fonte]

História antiga e origens[editar | editar código-fonte]

Pouco se sabe sobre as origens da penseira, exceto que ela foi feita de pedra e esculpida com runas saxônicas modificadas, colocando sua criação bem antes da fundação de Hogwarts.[1] Diz a lenda que os fundadores da escola encontraram a Penseira meio enterrada no chão, essa era supostamente uma das razões pelas quais a escola estava localizada em um local tão remoto. Uma longa lista de diretores e diretores reverenciados de Hogwarts deixou lembranças de seu mandato e, assim, contribuiu para a criação de uma inestimável biblioteca de referência para os diretores e diretoras que estavam por vir. Dumbledore, um diretor de longa data da escola e por muitos de sua época considerado um dos líderes mais estimados que a escola já teve, supostamente acrescentou suas próprias experiências para esse propósito, embora se saiba que ele usou isso quando começou coletando memórias sobre Lord Voldemort também.

1995[editar | editar código-fonte]

1996[editar | editar código-fonte]

1997[editar | editar código-fonte]

1998[editar | editar código-fonte]

Por trás das cenas[editar | editar código-fonte]

Aparições[editar | editar código-fonte]

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.