FANDOM


Nagini

Nagini, a serpente que produz o veneno

O veneno produzido pela cobra de Lord Voldemort, Nagini, é um veneno extremamente potente que evita que as feridas da vítima se curem. Isso levaria a uma perda de sangue severa que deveria ser compensada com uma Poção de Reposição de Sangue, ou a gravidade da perda de sangue se tornaria fatal. Há um antídoto para isso, embora aparentemente difícil de encontrar.[1]

História Editar

1994 Editar

Em 1994, o Comensal da Morte Pedro Pettigrew ordenhou o veneno das presas de Nagini e o usou, juntamente com sangue de unicórnio, para preparar uma poção escura, que permitia à alma destroçada de Voldemort recuperar uma forma rudimentar, mas física. Esta forma é muito fraca, e inibe grandemente as capacidades de Voldemort, mas concede a ele a habilidade de segurar uma varinha e energia suficiente para realizar magia suficiente, até que ele pudesse recuperar sua verdadeira forma. Até então, Voldemort exigia a poção a cada poucas horas para manter vivo seu corpo aleijado, e Pettigrew teve que continuamente ordenhar Nagini para que o veneno continuasse alimentando seu mestre. Foi por essa razão que Voldemort se recusou a deixar Rabicho escapar sob a mentira para encontrar outro bruxo para a verdadeira cerimônia de renascimento, já que o próprio Voldemort não podia ordenhar Nagini para o veneno e inventar a poção.[2]

1995 Editar

Em 1995, quando Nagini foi enviado por Voldemort para se infiltrar no Departamento de Mistérios, ela se encontrou com Arthur Weasley]]], que foi enviado por Alvo Dumbledore para guardar a profecia, em nome da Ordem da Fênix. Nagini, que sentiu Arthur se escondendo sob uma capa de invisibilidade, mordeu-o no peito e injetou-lhe o veneno, impedindo que sua ferida se curasse.[3]

Arthur foi enviado para o Hospital St. Mungus para Doenças e Acidentes Mágicos, e deveria tomar uma Poção de Reposição de Sangue a cada hora para conter a perda de sangue que, de outra forma, lhe custaria a vida, mas estava bem. Quando Arthur foi persuadido pelo curandeiro Augusto Pye a experimentar os pontos de remédio trouxa para selar a ferida, o veneno derreteu os pontos, tornando-os ineficazes.[4] Eventualmente, Arthur conseguiu encontrar um antídoto para dissipar o veneno.[5]

1998 Editar

Durante a Batalha de Hogwarts em 1998, quando Voldemort supôs erroneamente que Severo Snape era o mestre da Varinha das Varinhas, ele ordenou que Nagini matasse Severus. A grande serpente mordeu-o no pescoço e injetou-lhe o veneno, impedindo-o de curar (mesmo por meios mágicos), levando assim à morte de Snape.[6]

Por trás das cenas Editar

  • Quando Nagini mordeu Harry em Godric's Hollow enquanto saía de seu disfarce como Batilda Bagshot, não se sabe como Ditamno era capaz de parar o sangramento, quando Arthur e Snape sangraram sem parar, com Snape realmente morrendo por causa disso. A proteção de amor de Lílian Potter pode imunizar Harry do veneno. Alternadamente, Nagini pode escolher se quer ou não morder usando suas presas, como muitas cobras reais podem, assim decidindo se deve ou não aplicar veneno. É provável que Nagini não tenha injetado veneno em Harry quando ela o mordeu, pois Voldemort queria matar o próprio Harry.

Aparições Editar

Notas e referências Editar

  1. Harry Potter e a Ordem da Fênix, Capítulo 22
  2. Harry Potter e o Cálice de Fogo, Capítulo 1
  3. Harry Potter e a Ordem da Fênix, Capítulo 21
  4. Harry Potter e a Ordem da Fênix, Capítulo 23
  5. Harry Potter e a Ordem da Fênix, Capítulo 24
  6. Harry Potter e as Relíquias da Morte, Capítulo 32
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.